Chico Poeira, o mochileiro cangaceiro!

Chico Poeira, o mochileiro cangaceiro!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Chico Poeira, o mochileiro cangaceiro!

  1. Dário e Chico, uma das primeiras dificuldades que tenho quando chego numa regiao nova é encontrar lugares seguros/confiáveis para troca de moedas e fazer movimentaçoes bancarias. Alguma dica?

  2. Gerusa, realmente essa é uma preocupação de todo viajante! Ao menos, o que eu faço é estimar mais ou menos quanto vou gastar (sem qualquer pretensão de precisão) e fazer o câmbio antes de viajar na moeda local, se for possível, ou em dólar, ou euro (depende do que funciona melhor no país).

    É bom checar também as taxas dos cartões e do travel money. Uns oferecem vantagens por oferecer cotações melhores, outros por menor IOF. Por exemplo, geralmente, os travel money oferecem IOF bem baixo, mas cotação ruim. Já os cartões de crédito, ao contrário. Por isso, eu sempre levo comigo algum cash, pois você sempre vai sair perdendo no câmbio. A única questão é se você consegue reduzir a perda. Mas tenha cuidado para não levar demais, pois aí você pode ter de fazer reconversão. A não ser que você não se incomode de guardar alguma moeda estrangeira no colchão, esperando por uma variação de câmbio favorável, ou por uma nova aventura! O mesmo vale para os saques, pois não é bom sacar de pouquinho em pouquinho, pois a cada saque te dão uma facada, assim como não é bom sacar demais.

    Particularmente, prefiro diversificar. Um pouco em dinheiro, um pouco em travel money e os cartões. Se tiver mais de um cartão (e de bandeiras diferentes) é bom, pois acontece de alguns lugares haver caixas eletrônicos que aceitam Visa, mas não Master. Aí você vai pra outro lugar e é ao contrário…

  3. Valeu Dário!! tô planejando me livrar dos cartões de creditos tudinhos tudinhos… os evito o máximo que posso. só me trazem tentações consumistas, aquele stress do suspense básico na hora de por senhas (q tô sempre esquecendo qual é), contas q não tenho saco de ficar conferindo, nunca sei direito quanto vão tirar do meu bolsinho depois de um mês… isso sem falar claro, no disque (des)atendimento ao cliente por 0800 q me deixa doida com eles de vez. não nasci pra eles não.
    Só levo aqui para o caso de acontecer uma mer** muito muito grande mesmo pelo caminho ou para voos mais baratos (quando estou sem muito gás para pegar um onibus bem fofinho.) Vou descobrindo q gosto mesmo é viajar mais lentamente usando ônibus ou trem.
    Eu gosto de guardar/espanhar algumas diferentes moedas aqui e ali. Me sinto mais segura deste jeito. Nem sempre vou encontro caixas eletrônicos funcionando ou uma filial bancária pelo caminho. Tem alguns aplicativos de celular q fazem atualizações do cambio para mais de 50 moedas a todo momento. E existem também sites que explicam este lance maluco de IOF e das taxas bancárias. depois eu te passo o link das q já usei por aqui. Um abração, boa estrada e boa viagem!

  4. Realmente, cartão é mais uma carta na manga do que uma opção principal. Mas ainda assim é bom poder contar com eles.

    Quanto aos meios de transporte, avião é só para transpor distâncias muito grandes, se houver alguma pressa muito grande, ou se os preços do avião forem muito mais vantajosos. De busão dá pra curtir a paisagem e sentir mais o momento!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s